SÓ GENTE FIXE:

pedacinhos de amor

21 de julho de 2010

adeus

Não deixo de te agradecer por muito, apesar de toda a mágoa, de todo o choro, de todo o desespero, tu foste um grande bocado de mim, que me fez crescer, e perceber muito sobre mim. Não irei esquecer nada do que passei contigo, como não irei esquecer o que senti, nunca irei esquecer, foste demasiado importante para começares a ser passado de despercebido. Mas agora está na hora de te guardar a ti, e às memórias numa caixa e trancar tudo lá muito bem, para de lá nunca mais nada sair.

6 comentários:

Amêndoa Cunha disse...

gosteiii*

é giro xD
vou seguir :D

Amêndoa Cunha disse...

claro que gostei :)

Amêndoa Cunha disse...

claro que gostei :)

Amêndoa Cunha disse...

muito obrigada! :D

PauloSilva disse...

É preciso muita força para guardar essas recordações de uma maneira especial.

Força.

Mélancclie disse...

Ah, mas eu agradeço na mesma (;
following xD