SÓ GENTE FIXE:

pedacinhos de amor

13 de novembro de 2010

Carta para a última pessoa a quem fizeste uma promessa


Lembro-me de cada pormenor daquele dia, da forma como me entreguei ao teu abraço, como me entreguei a ti, e da forma como me fizeste feliz. Prometi e não cumpri. Poderia dizer que não a cumpri por divergências entre nós os dois, porque até é a verdade. Até poderia dizer que nunca te devia ter prometido nada, que fiz uma promessa sobre pressão. Mas, o que realmente eu quero dizer, o que tenho para te dizer é que peço imensa desculpa por ter prometido, por não ter cumprido, e por hoje não te ter.

Um comentário:

brunateixeira disse...

desculpa so responder agora.. sim, realmente o para sempre até pode existir, em amizades, nunca em amores, pelo menos, é a minha opiniao.
o teu blog está lindo , amo muio !