SÓ GENTE FIXE:

pedacinhos de amor

30 de novembro de 2010

Sonhamos demasiado e imaginamos demasiado. A verdade é que as amizades não duram para sempre, e o amor não é tão perfeito como dizem. Existem mágoas incuráveis, feridas a latejar que custam a passar, mas que acabam por passar. O tempo não cura tudo como corre por aí nas bocas do Mundo. O para sempre também não existe. Todos nós já sabemos isto, todos nós sabemos que o amor dói, mas todos nós sabemos o quanto ele sabe bem, e por isso voltamo-nos a perder nos seus braços. Aprendi que devemos viver um dia de cada vez, viver como se fosse o último sem nos arrependermos de nada, porque um dia poderá ser tarde de mais. 

2 comentários:

tatiana lousada disse...

oww, obrigada.
também gostei do teu, vou seguir *

Catarina disse...

Tens toda a razão :')