SÓ GENTE FIXE:

pedacinhos de amor

12 de janeiro de 2011

é o tempo de recordar pelos vistos

Já não te via à uns bons meses, e sinceramente já nem sabia o que era isto de te ver, de ter de desviar a cara com medo do teu olhar e com medo que percebas o que sinto em relação a ti. Já estás perdoado, à muito tempo aliás, se calhar não o sabes mas não guardo rancor de ninguém e perdoei-te muito pouco tempo depois do que aconteceu. Mas uma coisa é perdoar-te, não comentar o que se passou, outra coisa é voltar a confiar em ti depois de tudo o que se passou. Eu não irei voltar a confiar em ti, nem tu irás nunca mais dar-me um voto da tua confiança (não é que o queira), e nunca mais iremos ter uma amizade ou até mesmo falarmos um com o outro. Se tenho pena disso? Sinceramente não, as nossas vidas seguiram rumos diferentes e o que está feito está feito. Não mudei nem um bocadinho, continuo a ser a mesma C que era mas apenas mais madura, e eu sei que tu também não mudaste nem um bocadinho da tua personalidade, hoje pude ver isso e isso vai-nos impedir em todos os termos porque tu continuas a ser dos tipos mais orgulhos deste mundo e eu continuo a ser a mesma teimosa de sempre. Gosto muito de ti, a verdade é essa.

3 comentários:

Minnie disse...

Sei muito bem...

Martinha disse...

Oh, a tua "história" pelo que leio no teu blog, é muito parecida com a minha...a diferença é que consegui lutar contra o orgulho e a teimosia. Não sei se experimentaste fazer isso..mas por vezes até resulta ;D

juca ♥ disse...

que querido ♥